!-- JavaScript Resumo do Post -->

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Afinal de contas: Girls Aloud

Oie!
Hoje eu decidi esclarecer uma coisa que eu acho que nem todo mundo conseguiu entender. Quem lê "A kiss in the moonlight", a "A dama e o vagabundo" e acompanha os posts viu que eu sempre falo de uma tal de "Girls Aloud" e, inclusive, duas integrantes figuram nas duas fics citadas. Daí, você e a torcida do Flamengo, Vasco e Fluminense juntas se perguntam: "Afinal de contas? O que raios é essa Girls Aloud"?

Quem aqui se lembra daquela banda Rouge (A do asereje)? Quem tem minha idade (23 verões), obviamente lembra e muito de ter dançado essa bagaça do Ragatanga (Ou como minha mãe costumava dizer, "rasgatanga"). E ainda deve se lembrar de como a banda foi formada, não é? Caso não se lembre (Ou você ainda era uma pimpolha - Ou pimpolho, caso esteja lendo), foi em um programa do SBT chamado "Popstars". Curiosamente, no mesmo (e longínquo) ano de 2002, na Inglaterra, o mesmíssimo concurso era lançado. A diferença era que lá, paralelamente era escolhido um grupo masculino que ia "duelar" com as meninas, sendo então chamado de "Popstars: The Rivals".

Dez anos depois, elas são uma das maiores bandas de sucesso do Reino Unido, tendo um recorde de vinte singles consecutivos no Top 10 britânico, incluindo quatro primeiros lugares (Um dos últimos, "The Promise", atingiu o primeiro lugar no UK Singles Chart - a parada de singles britânica - em outubro de 2008) e cinco álbuns/disco de platina nas paradas do Reino Unido - incluindo dois em primeiro lugar (The Sound of Girls Aloud e Out of Control).

Elas detêm o recorde do maior espaço de tempo entre a formação de um grupo e atingir o primeiro lugar nas paradas do Reino Unido (com seu single "Sound of the Underground") e desde então tornaram-se um dos poucos grupos formados em reality shows de televisão a alcançar sucesso contínuo.

Alguns fãs famosos delas: Noel Gallagher, Jonas Brothers, o baterista do Arctic Monkeys, Matt Helders, Chris Martin, Duff McKagan. E artistas como Arctic Monkeys, Billy Corgan, Coldplay (Obs.: A música é a "Call the shots") e Mcfly já fizeram covers delas. (Fonte: Wikipedia)

Atualmente, a banda está em hiato e vivem saindo boatos de uma reunião, principalmente para comemorar o  décimo aniversário da banda, mas até agora, não teve nenhuma confirmação, apesar de sempre saírem notícias de encontro entre elas, inclusive, da Nadine ter ido para Londres.

Originalmente, descobri a banda no Stardoll. Mas na época, nem dei tanta atenção. Daí, um belo dia (Ou será que era noite?) eu estava vendo o making of do clipe da Cheryl, "Parachute" e, como a música é um chiclete e eu sou curiosa, assim que acabou o programa, fui olhar na internet, acabei descobrindo que ela era dessa banda, comecei a ouvir as músicas, gostei e hoje são as que mais tocam aqui em casa para desespero da minha mãe. Entre as minhas preferidas, estão as dos covers (Só clicar nos nomes das bandas, que têm os vídeos do youtube), Untouchable, Waiting, Sexy no no no, Control of the knife, Love is the key, Miss you bow wow... E obviamente, Biology. (Ficam as dicas!) No entanto, Call the Shots e Untouchable são as únicas românticas que eu já ouvi e gostei. Foram pouquíssimas desse tipo que eu escutei.

E para finalizar...






A voz é a mesma, mas os cabelos... Quanta diferença!
Espero que tenham gostado e vale a pena ouvir as músicas.
Beijinhos e até a próxima :D